Portugal tem sido exemplar no acolhimento de refugiados

Portugal tem sido exemplar no acolhimento de refugiados

O coordenador da Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR), Rui Marques reconhece que o Papa Francisco tem sido uma voz "absolutamente notável" na defesa pelos direitos e dignidade dos refugiados, classificando-o como "o grande defensor desta causa a nível mundial".

Rui Marques repete o seu apelo para que Portugal continue "a ser exemplo" no acolhimento de refugiados. Há mais de 60 famílias na Grécia na expectativa de vir para Portugal.

Recorda que o Papa "lançou um grande desafio a toda a Europa", em 2015, para que fossem acolhidas famílias de refugiados nas comunidades, paróquias, santuários. Seria bom que, em maio, Portugal pudesse confirmar ao Papa Francisco que estamos a ser mais generosos no acolhimento de refugiados. Para isso, poderemos acolher muitos mais, valendonos da experiência que já tem sido exemplarmente feita pelos portugueses.

O diretor do Serviço Jesuíta aos Refugiados (IRS) em Portugal, André Costa lorge, disse à agência Ecclesia que a PAR já acolheu 72 famílias, em 61 instituições, num total de 300 pessoas, 157 das quais crianças.

Para o diretor do JRS-Portugal, a intenção é combater situações de vulnerabilidade das crianças refugiadas, em linha com as preocupações manifestadas pelo Papa Francisco na sua mensagem para o Dia Mundial dos Migrantes e Refugiados de 2017.

27/02/2017 06:48:38