Abertos 16 processos com drones no primeiro semestre

Abertos 16 processos com drones no primeiro semestre

Metade das ocorrências junto ao Aeroporto de Lisboa e cinco no do Porto

incidentes Dezasseis incidentes com drones foram reportados no primeiro semestre deste ano, segundo dados da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), que instaurou 15 processos contraordenacionais em 2017 e dois até ao final do passado mês de junho. No ano passado, a ANAC apresentou nove denúncias ao Ministério Público. O regulamento proíbe o voo de drones a mais de 120 metros de altura e nas áreas de aproximação e de descolagem dos aeroportos. Dados da ANAC indicam que as 16 ocorrências se verificaram nas imediações dos aeroportos, nos corredores aéreos de aproximação aos aeroportos ou na fase final de aterragem, a 400, 700, 900 ou a 1200 metros de altitude, de acordo com alguns relatos das tripulações, violando dessa forma o regulamento da ANAC.

Este ano o regulador já instaurou dois processos contraordenacionais, mas ainda não apresentou nenhuma denúncia ao Ministério Público. Oito dos incidentes ocorreram nas proximidades do Aeroporto de Lisboa, cinco no do Porto, havendo ainda registos nos de Faro e da Madeira.
Reis Pinto COM LUSA

16/12/2018 12:33:56