João de Melo toma posse como diretor adjunto da PJ e deixa caso Tancos

João de Melo garante que a saída do Ministério Público não prejudica a investigação sobre Tancos e diz que o caso não está na origem do convite que lhe foi feito.

24/01/2019 08:47:31