Entre as pessoas singulares, quem tem direito à moratória bancária?

Esta medida vai aplicar-se a pessoas em situação de desemprego, lay-off simplificado ou que trabalhavam em atividades que encerraram devido ao estado de emergência ou isolamento profilático.

"Ou seja, quem se encontra numa situação em que economicamente precisem de proteção", esclarece Siza Vieira.

Quanto à aplicação do lay-off, os valores dos apoios vão ser feitos consoante o código do trabalho.

"A estimativa que temos é que, dependendo do número de trabalhadores, esta medida custe mil milhões de euros por mês. É uma medida de despesa pública", afirma o ministro.

Ver aqui

 

09/04/2020 14:39:58