Advogados sem receber na pandemia

Advogados sofrem cortes

A esmagadora maioria dos advogados portugueses (88,6%) vai perder rendimentos devido à pandemia de Covid-19, segundo os resultados de um questionário ontem divulgado pela Ordem dos Advogados. Mais de um terço dos 4560 advogados que responderam (mais de 10% dos 33 590 registados na OA), 1845 (40,5%) indicam que vão sofrer uma redução de rendimentos e honorários de 50% durante o período de confinamento, enquanto 1642 (36%) esperam uma diminuição de 100 por cento.

25/07/2021 03:33:46