Covid-19. Juízes questionam segurança das salas de audiência

Volta a ser regra, a partir desta quarta-feira, a realização presencial de julgamentos, assim como a inquirição de testemunhas. No entanto, os juízes questionam a segurança das salas de audiência, face à Covid-19. A associação sindical que representa estes profissionais recomenda mesmo que os juízes devem recusar julgamentos em salas sem higienização, nem ar fresco.

A ministra da Justiça visita esta manhã o Tribunal de Lisboa Norte. Francisca Van Dunem pretende sinalizar que estão garantidas as necessárias condições de segurança.

Uma nota do ministério enviado às redações revela que, até agora, o Governo já gastou mais de 600 mil euros em equipamentos e produtos de proteção individual, como máscaras, viseiras, luvas, termómetros e também acrílicos.

Tudo para garantir o funcionamento dos tribunais sem riscos para magistrados, funcionários e cidadãos intervenientes nos atos processuais.

Para visualizar vídeo clique aqui

26/10/2020 01:30:54