Lares e Ordens

OS NOSSO IDOSOS CONTINUARÃO A MORRER SEM QUE NADA SEJA FEITO

É evidente que o maior fracasso do governo no combate à pandemia reside na situação dos lares, onde a cada dia surgem mais anúncios de contágios e vítimas mortais. Depois da denúncia da Ordem dos Médicos ao que se passou em Reguengos, esperar- -se-ia que o partido do governo anunciasse a apresentação no Parlamento de um diploma estabelecendo regras apertadas de segurança para os lares. Mas, da mesma forma que o Primeiro-Ministro reagiu às denúncias da Ordem dos Médicos atacando o mensageiro, o PS apresenta antes um diploma destinado a atacar as Ordens Profissionais. É assim que o PS anuncia medidas como a redução dos estágios, que visa a colocação no mercado de profissionais não qualificados, e a inclusão nos órgãos deontológicos das Ordens de não profissionais, permitindo que as decisões disciplinares sejam tomadas por quem ignora as regras profissionais. Tal visa apenas desregular as profissões para permitir, em prejuízo do interesse público, que os seus actos próprios sejam praticados por qualquer pessoa. Os nossos idosos continuarão assim a morrer nos lares sem que nada seja feito para os proteger. Já as Ordens serão sujeitas a estas iniciativas legislativas aberrantes




25/09/2020 02:51:09