• Homepage
  • Comunicação
  • Imprensa
  • 2021
  • 04
  • 07
  • A pandemia piorou tudo e “as ratazanas continuam a morder crianças durante a noite” em Portugal: o relatório da Amnistia Internacional

A pandemia piorou tudo e “as ratazanas continuam a morder crianças durante a noite” em Portugal: o relatório da Amnistia Internacional

 

Se a covid-19 agravou situações como a discriminação, os problemas de habitação e o acesso à saúde, por outro lado retirou a atenção de casos como o da morte de Ihor Homeniuk e de Bruno Candé.

A pandemia dominou o mundo mas “uma das coisas boas que 2020 trouxe” foi as pessoas irem para a rua reivindicar, dando força aos movimentos sociais e criando pressão sobre os governos, explica em entrevista ao Expresso Pedro A. Neto, diretor executivo da Amnistia Internacional Portugal.

Esta quarta-feira é publicado o Relatório Global do Estado dos Direitos Humanos

29/07/2021 01:15:56