Há suspeitas de imigração ilegal e tráfico de pessoas e também escravatura na zona de Odemira.

O braço de ferro com o empreendimento turístico Zmar levou a Ordem dos Advogados ao local por causa da requisição civil

Ver mais aqui

09/05/2021 22:44:44