Se fez reservas na Ryanair, atenção: os tripulantes vão fazer greve na próxima semana

Se tem voos marcados para a próxima semana com a Ryanair, temos más notícias. Os tripulantes da companhia aérea low-cost que operam em Portugal entregaram um pré-aviso de greve para os dias 24, 25 e 26 de junho (sexta-feira, sábado e domingo).

O anúncio da paralisação surge devido à falta de resposta da empresa irlandesa face à exigência do cumprimento da legislação laboral e o melhoramento das condições de trabalho.

“A empresa não demonstrou vontade de emendar condutas e cumprir com o estabelecido na lei portuguesa”, lê-se no comunicado do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC), citado pelo “Dinheiro Vivo”. Os tripulantes decidiram então avançar com a greve, que não vai contemplar os serviços mínimos.

“Uma vez que estão assegurados os voos de ligação entre as regiões autónomas dos Açores e da Madeira e o Continente através de outras operadoras (TAP, Azores Airlines e easyJet), existem meios alternativos de transporte aéreo”, esclarecem.

A estrutura sindical revela que o Acordo de Empresa, assinado no início do mês de junho entre a companhia irlandesa e o sindicato, não cumpre com as regras estabelecidas na legislação portuguesa, sobretudo no que diz respeito ao pagamento dos subsídios de férias e Natal.

“A Ryanair continua a tratar os trabalhadores sem o mínimo de dignidade e probidade inerente à posição de empregadora”, acusa o SNPVAC.

Esta não é a primeira vez que os trabalhadores da empresa organizam greves para o verão. O mesmo aconteceu em 2018 e levou ao cancelamento de centenas de voos, com milhares de viajantes afetados. “Quatro anos após a primeira ação, pouco melhorou e muitos dos problemas que existiam em 2018 continuam sem resolução”, recordam os trabalhadores.

27/06/2022 15:34:28