Movimento Democrático de Mulheres lembra dia contra violência sobre mulher

Debate marcado para as 18h00, na sede da União de Freguesias da Cidade, aborda o direito a projetos de vida dignos para as mulheres. Câmara Municipal organiza aula de defesa pessoal nesse âmbito.

O Núcleo do Movimento Democrático de Mulheres (MDM) do distrito de Braga promove, às 18h00 de sexta-feira, um debate sob o lema “Vozes ao Alto! Acabar com a violência exige mudança”, na sede da União de Freguesias de Oliveira do Castelo, São Paio e São Sebastião, a propósito do Dia da Eliminação da Violência contra as Mulheres, que se assinala no sábado, 25 de novembro.

A sessão conta com Paula Oliveira, vereadora da Ação Social da Câmara Municipal de Guimarães, Liliana do Fundo, advogada ligada à Delegação da Ordem dos Advogados de Vila Nova de Famalicão, Mariana Silva, conselheira nacional do MDM, e Inês Rodrigues, aderente do MDM. 

O encontro terá como tema central a igualdade na vida e a garantia dos direitos das mulheres, e a necessidade de continuar a lutar por mais e melhores condições de vida e de trabalho que possibilitem um projeto de vida livre de violência, autónomo e digno. 

Já em 28 de novembro, terça-feira, a Câmara Municipal de Guimarães promove uma atividade de Defesa Pessoal direcionada especialmente para mulheres, fruto da colaboração entre o Espaço Municipal para a Igualdade, a Escola de Judo Para Todos, a régie-cooperativa Tempo Livre e o Vitória Sport Clube, realizando-se no Estádio D. Afonso Henriques.

O objetivo primordial deste evento é oferecer às mulheres ferramentas e conhecimentos básicos de autodefesa, promovendo assim a segurança e a confiança pessoal num ambiente acolhedor e orientado para a igualdade de género.

As inscrições para participar desta atividade devem ser efetuadas até esta sexta-feira, através de um contacto de e-mail da autarquia, sendo o número de participantes limitado. 

 

Link

04/03/2024 20:47:38