Um novo ano chega com muito para viver

CM convidou várias personalidades, da política à cultura, do desporto às forças de segurança, a deixarem uma mensagem para 2024.

Correio da Manhã convidou várias personalidades, da política à cultura, do desporto às forças de segurança, a deixarem uma mensagem para 2024. Que o novo ano traga a todos e a todas as maiores realizações pessoais e profissionais, e que possa transportar um sinal de esperança para enfrentar os tempos conturbados que vivemos.

"Que o Mundo perceba de uma vez por todas, neste início de 2024, que se gasta mais energia a combater que a cooperar e que todos os seres humanos são únicos e insubstituíveis". Henrique Gouveia e Melo, chefe do Estado-Maior da Armada.

"Que eu e a minha família continuemos a ter saúde e que seja um ano obviamente bom para todos". Dânia Neto, atriz.

"Paz, muita paz e amor, e que se lembrem que se devem amar uns aos outros". Ruy de Carvalho, ator.

"Saúde mental e física é a única coisa que as pessoas precisam para estar bem por dentro e por fora". Teresa Guilherme, apresentadora.

"Novo ano e seguintes como últimas oportunidades para decisões em prol da Humanidade". Fernando Almeida Santos, bastonário dos Engenheiros.

"Muita saúde para todos e que acabem as guerras. Somos mais felizes sem elas". Carlos Lopes, campeão olímpico.

"Em 2024, desejo que o PS possa continuar a trabalhar para melhorar a vida dos portugueses. Vivemos tempos desafiantes e as nossas prioridades visam responder às preocupações das pessoas, nomeadamente no que diz respeito aos rendimentos, aos cuidados de saúde, ao direito a uma educação gratuita e de qualidade e a uma habitação condigna". João Torres, vice-presidente do grupo parlamentar do PS.

"Um 2024 pleno de realizações, com votos de esperança, de harmonia e em segurança". José Barros Correia, diretor nacional da PSP.

"Melhoria dos cuidados de saúde para os doentes, com um SNS mais capacitado e valorização do papel dos médicos". Carlos Cortes, bastonário dos Médicos.

"Negociar com o próximo Governo um bom acordo para os médicos e o SNS".  Joana Bordalo e Sá, dirigente da Fnam.

"Um País em que todos tenham acesso à Justiça e a serem acompanhados por advogado". Fernanda de Almeida Pinheiro, Bastonária dos Advogados.

"Um País que não deixe alunos sem professores e utentes sem médico. Um País com futuro, com esperança!" Luís Montenegro, presidente do PSD.

"Que ao olharmos para o outro, seja quem for, vejamos um irmão, uma irmã... Paz". D. Américo Aguiar, bispo de Setúbal.

"Que encaremos 2024 com adequado otimismo, almejando os necessários progressos. As Forças Armadas estarão, como sempre, empenhadas em contribuir para a segurança e o bem-estar nacionais, e para a estabilidade internacional, prestigiando Portugal". José Nunes da Fonseca, chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas. 

21/06/2024 05:04:23