Palácio da Justiça de Coimbra celebra aniversário com conferência, mostra e concerto

O Palácio da Justiça de Coimbra vai assinalar o 90.º aniversário com a realização de uma conferência, um concerto e com a inauguração de uma exposição, revelou hoje a organização.

O Tribunal da Relação e o Tribunal Judicial da Comarca de Coimbra organizam, no dia 6 de Maio, um ciclo evocativo dos 90 anos do Palácio da Justiça, bem como um alusivo a Manuel Rodrigues Júnior, que foi professor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e fundador da Ordem dos Advogados.

Manuel Rodrigues Júnior, que presidiu à cerimónia de inauguração do Palácio da Justiça de Coimbra há 90 anos, foi também o responsável pela aquisição, em 27 de Janeiro de 1928, do então Palacete do Ameal, onde outrora esteve instalado o Colégio de São Tomás de Aquino, para que nele fosse instalado o Palácio da Justiça.

Para as 14h30 de dia 6 de Maio está agendada a conferência “Palácio de Justiça de Coimbra - Memórias dos seus 90 anos e de um Homem que não passou”, que terá lugar no salão nobre do Tribunal da Relação de Coimbra. A abertura estará a cargo do desembargador Carlos Oliveira, presidente do Tribunal Judicial da Comarca de Coimbra, enquanto o encerramento caberá ao desembargador Jorge Loureiro, presidente do Tribunal da Relação de Coimbra.

Serão intervenientes a actual secretária de Estado da Cultura, Maria de Lurdes Craveiro, o jurista e historiador Luís Bigotte Chorão, o professor Paulo Mota Pinto e o juiz de direito Marco Aço Borges.

A moderação caberá ao vice-reitor da Universidade de Coimbra, João Nuno Calvão da Silva.

Logo após a conferência, pelas 17h30, será inaugurada a exposição alusiva ao edifício e a Manuel Rodrigues Júnior, no Palácio da Justiça de Coimbra.

Já pelas 21h30, terá lugar um concerto musical denominado “Concerto à Democracia”, no perímetro exterior do Palácio da Justiça.

Será realizado pelo Ensemble da Orquestra Clássica do Centro e contará com a participação da soprano Marina Pacheco e do tenor João Farinha.

O Tribunal da Relação de Coimbra está instalado, desde 27 de Outubro de 1928, no edifício correspondente ao actual Palácio da Justiça de Coimbra.

Neste Palácio funciona também o Tribunal Judicial da Comarca de Coimbra, desde Junho de 1933.

21/06/2024 05:10:38