“Startup Visa” | O novo visto de residência

“Startup Visa” | O novo visto de residência

Um novo visto para atração e captação de talento internacional

Foi recentemente anunciado no “Web Summit” o lançamento do novo programa “Startup Visa”, tendo o Governo aproveitado o evento para fazer um convite direto aos 60 mil empreendedores e aos milhares de investidores presentes em Lisboa, de que o país está aberto a todos os que queiram investir, inovar e trabalhar em Portugal.

O Startup Visa é um visto de residência para empreendedores, que pretende atrair para Portugal investimento, talento e capacidade de inovação. O programa irá criar um estatuto de certificação de empresas e incubadoras para que possam acolher cidadãos de estados terceiros empreendedores e altamente qualificados.

Os empreendedores de estados terceiros (Extra UE) poderão candidatar-se através de plataforma online, que estará disponível a partir de janeiro de 2018. Os empreendedores internacionais que queiram ter acesso ao Startup Visa e obter uma autorização de residência e trabalho deverão demonstrar que:

 - Querem desenvolver atividades empresariais de produção de bens e serviços inovadores;

 - Vão abrir ou deslocalizar empresas e/ou projetos centrados em tecnologia e em conhecimento, com perspetiva de desenvolvimento de produtos inovadores;

 - Gozam de potencial para criação de emprego qualificado;

 - Detêm potencial para atingir, 3 anos após o período de incubação um valor de 325.000€, ou um volume de negócios superior a 500.000 €/ano.

 A avaliação do potencial económico e inovador é efetuada com base em critérios, tendo por base o grau de inovação, a escalabilidade do negócio e potencial de mercado, a capacidade da equipa de gestão, o potencial de criação de emprego qualificado em Portugal e a relevância do requerente na equipa.

Esta medida insere-se no programa Startup Portugal.

É concretizada por Portaria conjunta do Ministério da Economia e Ministério da Administração Interna.

18/06/2021 21:29:18