Ordem dos Advogados assegura apoio jurídico a imigrantes timorenses

Ordem dos Advogados assegura apoio jurídico a imigrantes timorenses

A Ordem dos Advogados (OA), através da sua Comissão de Direitos Humanos, vai prestar auxílio jurídico aos imigrantes timorenses que se encontram no país, para que sejam criadas condições de dignidade e ajudar a combater as ilegalidades a que têm estado sujeitos.

A intenção foi hoje transmitida directamente pelo Bastonário da OA, Prof. Doutor Luís Menezes Leitão, à Embaixadora da República Democrática de Timor Leste para a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Marina Ribeiro Alkatiri, num encontro que decorreu esta manhã, dia 18 de Novembro, com a presença da Vice-Presidente da CDHOA, Dra. Márcia Martinho da Rosa.

Foi salientando, que os indícios da existência de redes de auxílio à imigração ilegal e de tráfico de pessoas afrontam os direitos humanos, a Ordem dos Advogados – que considera indigno e  preocupante o cenário de abusos e ilegalidades com que alguns timorenses se têm deparado ao escolher Portugal como destino para viver e trabalhar  vai, dentro das suas competências, assegurar que estes imigrantes, indefesos no que toca aos seus direitos, tenham resposta para os variados problemas legais com que actualmente se estão a defrontar.

Galeria

09/12/2022 13:58:17