OA e MENAC promovem conferência sobre a prevenção da corrupção em Portugal

OA e MENAC promovem conferência sobre a prevenção da corrupção em Portugal

A Ordem dos Advogados (OA) e o Mecanismo Nacional Anticorrupção (MENAC) promoveram, em conjunto, uma conferência subordinada ao tema da Prevenção da Corrupção em Portugal: Análise e perspectivas.

 

A conferência, que se realizou no dia 9 de maio, na sede da Ordem dos Advogados, em Lisboa, teve o seu início com a sessão de abertura, a cargo do Presidente do MENAC, Juiz Conselheiro António Pires Henriques da Graça, do Presidente do Conselho Superior da OA, Dr. Paulo de Sá e Cunha e, por fim, da Bastonária da OA, Dra. Fernanda de Almeida Pinheiro.

 

Os trabalhos da conferência dividiram-se em 3 painéis de discussão, o primeiro dedicado ao Branqueamento de Capitais, o segundo ao Conselho de Prevenção da Corrupção e o terceiro ao MENAC e à futura Estratégia Nacional Anticorrupção 2025-2028.

 

No primeiro painel, dedicado ao Branqueamento de Capitais, foram oradores os Srs.(as) Drs.(as) Gonçalo Miranda, Mário Diogo, Sofia Pimentel e Carlos Casimiro com moderação da jornalista Filipa Ambrósio. Já o segundo painel, subordinado ao Conselho de Prevenção da Corrupção, contou com uma intervenção inicial do Diretor-Geral do Tribunal de Contas, Juiz Conselheiro Fernando José de Oliveira Silva, e uma mesa redonda com os Conselheiros do último mandato, os Srs. Drs. António Manuel Pinto Ferreira dos Santos, João Rolo, Orlando Soares Romano, Nuno Ricardo Martins e João Amaral Tomaz.

No terceiro painel foi apresentado o relatório referente ao ano de 2023 e perspetivas de futuro, a cargo do Vice-Presidente do MENAC, Dr. Olívio Mota Amador, do Secretário-Geral do MENAC, Dr. Jorge Lobato e do Consultor Coordenador do MENAC, Dr. António Maia.

 

O encerramento da conferência foi feito pelo Presidente do Conselho Superior da OA, Dr. Paulo de Sá e Cunha.

 

>> Veja a galeria fotográfica;

 

Veja ou reveja a conferência:

30/05/2024 18:05:47