Inquérito à Advocacia Portuguesa: o presente e o futuro

Inquérito à Advocacia Portuguesa: o presente e o futuro

Ilustres Colegas,

 

Nos seus quase 100 anos de existência a Ordem dos Advogados realizou 3 inquéritos à profissão, em 1972, 1985 e 2003. Volvidos 20 anos desde o último Inquérito aos Advogados Portugueses, numa altura que eram apenas 21 871 inscritos, é urgente auscultar de novo as Advogadas e os Advogados.

 

Neste contexto, o Conselho Geral decidiu promover novo Inquérito à Advocacia Portuguesa, para conhecer o perfil dos/as Advogados/as de hoje, as suas necessidades, preocupações, o modo como exercem a profissão, como veem a Ordem dos Advogados e a Justiça, e que desafios consideram mais relevantes para o futuro da profissão.

 

O Inquérito é conduzido por uma Equipa multidisciplinar de investigação do ISPA (Instituto Universitário), coordenada pelo Prof. Doutor António Caetano, também coordenador do ultimo Inquérito.

 

É nossa intenção chegar ao retrato da Advocacia Portuguesa, através da sua caracterização social, económica, demográfica e profissional, realizada por uma equipa multidisciplinar, independente e habilitada para o efeito, e identificar os valores que constituem o ADN da Advocacia e os que reforçam a identidade de cada um e de todos/as Advogados/as, assim como os desafios que têm pela frente e esperam ver concretizados.

 

Apelamos à participação dos Advogados e das Advogadas através do preenchimento do questionário disponível no link individualizado que será remetido por e-mail.  

 

Participe!

Ajude-nos a conhecer o presente da Advocacia e a traçar o futuro.

 

A Bastonária e o Conselho Geral

Lisboa, 24 de junho de 2024

20/07/2024 17:08:50